Inscrições para 4.117 vagas no Ministério da Saúde serão reabertas

30/07/2020 18h32 - Atualizado em 31/07/2020 11h37

Facebook - https://www.concursos.com.br/noticia/nacional/2020/07/inscricoes-para-4117-vagas-no-ministerio-da-saude-serao-reabertas.html Twitter - https://www.concursos.com.br/noticia/nacional/2020/07/inscricoes-para-4117-vagas-no-ministerio-da-saude-serao-reabertas.html Google Plus - https://www.concursos.com.br/noticia/nacional/2020/07/inscricoes-para-4117-vagas-no-ministerio-da-saude-serao-reabertas.html
Facebook - https://www.concursos.com.br/noticia/nacional/2020/07/inscricoes-para-4117-vagas-no-ministerio-da-saude-serao-reabertas.html Twitter - https://www.concursos.com.br/noticia/nacional/2020/07/inscricoes-para-4117-vagas-no-ministerio-da-saude-serao-reabertas.html Google Plus - https://www.concursos.com.br/noticia/nacional/2020/07/inscricoes-para-4117-vagas-no-ministerio-da-saude-serao-reabertas.html Whatsapp - https://www.concursos.com.br/noticia/nacional/2020/07/inscricoes-para-4117-vagas-no-ministerio-da-saude-serao-reabertas.html
O processo seletivo do Ministério da Saúde deve reabrir sua seleção que foi suspensa em maio. A reabertura da seleção que irá ofertar 4.117 vagas temporárias está prevista para agosto. A notícia foi dada pelo coordenador-geral de gestão de pessoas do Ministério da Saúde, Ademir Lapa, em reunião realizada no último dia 23 de julho com os dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde e Previdência no Estado do Rio (Sindsprev/RJ).

De acordo com Ademir Lapa, as inscrições devem ser reabertas entre os dias 10 e 21 de agosto e o processo deve ser finalizado até setembro. A seleção irá ofertar as mesmas 4.117 vagas divulgadas em maio. Os profissionais que possuem contratos renovados ou cancelados também poderão participar da seleção.

Os salários ofertados serão os mesmos que foram divulgados anteriormente na seleção cancelada. O Ministério da Saúde ainda não confirmou, oficialmente, a reabertura do processo seletivo, mesmo com a previsão do sindicato e da informação do coordenador-geral. O processo seletivo cancelado não cobrava taxa de inscrição.

Uma manifestação na porta do Hospital Federal dos Servidores, na Zona Portuária do Rio de Janeiro foi realizada pelo sindicato e servidores em junho. Eles protestaram contra os desligamentos de profissionais que tiveram seus contratos encerrados no final de maio.

Mas, no dia 28 foi publicada uma Medida Provisória para prorrogação da contratação de 3.592 profissionais nas unidades de Saúde por mais seis meses. Mesmo assim, 400 profissionais foram desligados da Instituição. O Sindsprev/RJ informou na última terça-feira (28) que devido as prorrogações dos contratos dos profissionais, o Ministério preferiu cancelar o processo seletivo divulgado em maio.

A MP estendeu no último dia 24 de julho, os contratos dos profissionais da área de saúde, que atuam em hospitais federais localizados no Estado do Rio de Janeiro. O responsável pela prorrogação foi o presidente do Senado, Davi Alcolumbre.

Os contratos renovados são referentes aos firmados a partir de 2018 e eles não poderão ultrapassar a data de 30 de novembro de 2020. O sindicato confirma que o Ministério da Saúde irá ofertar em sua seleção, 4.117 vagas, que é um número menor do que o defendido pela categoria, pois, a rede necessitaria de cerca de mais 10 mil servidores.

As 4.117 vagas que serão ofertadas serão distribuídas entre seguintes unidades hospitalares federais do Rio de Janeiro: Hospital Federal de Bonsucesso (HFB), Hospital Federal dos Servidores do Estado (HFSE), Hospital Federal Cardoso Fontes (HFCF), Hospital Federal da Lagoa (HFL), Hospital Federal do Andaraí (HFA), Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), Instituto Nacional de Cardiologia (INC), Hospital Federal de Ipanema (HFI) e Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO).

Os aprovados serão contratados pelo período de seis meses, prorrogável por até dois anos, ou de acordo com o estado de calamidade pública causado pelo novo Coronavírus (Covid-19).

As oportunidades de nível médio serão para as atividades de suporte em gestão e manutenção hospitalar (nível intermediário), com salário de R$1.700,00, para jornadas de 40 horas por semana. Os profissionais que possuem nível técnico em enfermagem poderão concorrer as vagas de técnico de enfermagem. Esses deverão cumprir jornadas de 40 horas semanais para salário de R$2.000,00.

Para o nível superior, as oportunidades serão para o cargo de médico 24 horas, com salário de R$11 mil. ainda em nível superior serão ofertadas vagas para os cargos de enfermeiro e atividades de gestão e manutenção hospitalar, com salários de R$3.500,00 e R$3.000,00, respectivamente.

As vagas são distribuídas da seguinte forma: 1.137 vagas para o cargo de médico, 996 para enfermeiro, 515 para Atividades de gestão e manutenção hospitalar (nível médio), 604 para Atividades de gestão e manutenção hospitalar (nível superior) e 865 para o cargo de Técnico de enfermagem.

Nossa equipe de professores desenvolveu um DVD contendo mais de 500 mil questões para concursos públicos. Pague quando receber pelos correios. Por apenas R$ 49,90. Se não gostar basta devolver em até 7 dias do recebimento.

Solicite seu DVD XProvas - 500 mil Questões de Concursos no formulário abaixo:

© Copyright 2014 - 2020 Concursos.com.br