PRF

Sem o aval esperado, cronograma do Concurso PRF sofrerá ajustes

04/11/2020 13h28 - Atualizado em 05/11/2020 11h38

Cadastre-se seu whatsapp para acompanhar o andamento deste concurso:

O Ministério da Economia não concedeu aval para a Polícia Rodoviária Federal realizar o concurso PRF no tempo previsto inicialmente. A expectativa era de que o aval fosse concedido até outubro, com isso, a corporação mantinha um cronograma prévio para as próximas etapas e de acordo com ele, teria 30 dias entre cada uma das próximas etapas. Ou seja, entre as escolha da banca e a publicação do edital.

O diretor executivo da PRF, José Hott disse que tem esperanças de que o edital seja publicado ainda este ano e por isso, o cronograma terá pequenas alterações, mas de acordo ele, tudo dentro do previsto. O diretor não deu mais detalhes desse novo cronograma.

Mas, tudo indica que o edital será publicado ainda este ano. Caso seja para 2020, a PRF terá um tempo bem inferior a 30 dias entre cada etapa, isso contando que o aval seja concedido em novembro. Se a autorização não sair no mês de novembro, a PRF poderá não ter tempo para realizar todos os trâmites internos em apenas um mês. Pois, o edital ainda precisaria ser analisado junto à banca organizadora.

Da mesma forma que aconteceu com a PF, a PRF se reuniu com o Ministério da Economia para decidir o futuro do concurso e quem sabe uma possível sinalização de autorização. O encontro foi confirmado pelo diretor José Hott pelas redes sociais. Ele informou que teve uma reunião excelente com a pasta, mas deu muitos detalhes sobre o encontro.

No final de semana, o diretor antecipou que haveria uma reunião importante e que segue otimista para a publicação do edital. Sobre a data limite para publicação do edital este ano, Hott disse que tudo depende de fatores relacionados a fluxos administrativos, pois, depois da autorização ainda deve-se contratar a organizadora e finalizar o edital junto com ela.

A reunião entre Economia e Polícia Federal terminou com um parecer favorável da pasta para a autorização do concurso. Portanto, o edital deve ser publicado em breve. Para concorrer ao cargo de policial rodoviário federal é necessário possuir graduação em qualquer área, mais carteira nacional de habilitação na categoria B.

O salário inicial de um PRF, segundo a legislação, é de R$10,3 mil, já incluso o auxílio-alimentação de R$458,00. Já o cargo de agente administrativo exige apenas nível médio de escolaridade e possui salário de R$4.022,77.

O pedido de concurso com 2.772 vagas de níveis médio e superior para a Polícia Rodoviária Federal está confirmado. Portanto, mesmo com o anúncio do presidente para 2 mil vagas, o aval do Ministério da Economia pode ser bem maior e a corporação poderá realizar um dos maiores concursos de sua história para repor o quadro de efetivos.

Mas, a comissão que foi formada até agora, é apenas para o cargo de policial, de nível superior. Neste caso, o pedido é para 2.634 vagas, que foi confirmado pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública e pela própria corporação.

Embora haja o pedido para o concurso destinado ao nível médio, a PRF não estima realizar um concurso agora, mesmo havendo um pedido feito, não há nenhuma movimentação neste sentido.

O pedido de concursos PRF 2020/2021 solicitou 2.634 vagas para o cargo de policial rodoviário federal, que exige nível superior em direito, CNH e idade entre 18 e 65 anos.

Para o cargo de Agente administrativo foram solicitadas 138 vagas e para concorrer é necessário possuir apenas nível médio de escolaridade. O órgão conta com mais de 550 unidades em todo o país e as possíveis lotações são: Sede, em Brasília, 150 delegacias, 27 superintendências regionais e 413 unidades operacionais.

O dia da inscrição será informado no site www.concursos.com.br.  Acesse o site diariamente para não perder o prazo da inscrição.

Prepare-se com antecedência para a prova.
Solicite no formulário abaixo seu PDF com 500.000 Mil Questões de Concursos.
Pague quando entregar por R$ 30,00. Envio imediato pelo whatsapp.

Concurso INSS: Saiu a autorização para 1.000 vagas de nível médio

Acabou a espera! O concurso INSS está oficialmente autorizado. A portaria de autorização para realização do concurso público para o Instituto Nacional do Seguro Social foi publicada nesta segunda-feira (13/06), no Diário Oficial da União.

De acordo com o documento, estão autorizadas 1.000 vagas para o cargo de Técnico.

A portaria autorizativa foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 13/06/2022, e traz a informação de que o edital deverá ser publicado em até seis meses. Desta forma, a seleção será aberta até dezembro.

As vagas serão distribuídas para todo o Brasil.

No caso de técnico é exigido ensino médio, com inicial de R$ 5.184,78.

O regime de contratação do INSS é o estatuário, ou seja, garante estabilidade, o servidor só poderá ser demitido se cometer alguma falta grave.

É necessário ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse. Não há exigência de idade máxima.

As inscrições para o concurso do INSS ainda não foram abertas. Fique atento!

Prepare-se com antecedência para a prova.
Solicite no formulário abaixo seu PDF com 500.000 Mil Questões de Concursos.
Pague quando entregar por R$ 30,00. Envio imediato pelo whatsapp.

+de 1 milhão de Questões de Concursos em PDF - Gabaritadas

  • Material de estudo atualizado com questões de milhares de Concursos de todo o país.

  • Para facilitar sua preparação, o conteúdo está organizado por Instituição, Ano e Cargo.

  • Questões com gabarito de todos os principais concursos: INSS, Receita Federal, IBGE, Caixa, Banco do Brasil, Correios, Polícia Federal, PRF, Polícia Civil, Polícia Militar, dentre outros.

  • Além disso, o material contém as questões das provas do ENEM e OAB.

  • Acesse e baixe os arquivos de qualquer lugar pelo seu celular ou computador.

Por apenas R$49,90

Cadastre-se seu whatsapp para acompanhar o andamento deste concurso:

© Copyright 2014 - 2022 Concursos.com.br