Polícia Federal

ACPF diz que novo edital de Concurso PF sem cargo de perito é um erro

07/08/2020 12h44 - Atualizado em 12/08/2020 11h04

Facebook - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/policia-federal/acpf-diz-que-novo-edital-de-concurso-pf-sem-cargo-de-perito-e-um-erro.html Twitter - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/policia-federal/acpf-diz-que-novo-edital-de-concurso-pf-sem-cargo-de-perito-e-um-erro.html Google Plus - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/policia-federal/acpf-diz-que-novo-edital-de-concurso-pf-sem-cargo-de-perito-e-um-erro.html
Facebook - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/policia-federal/acpf-diz-que-novo-edital-de-concurso-pf-sem-cargo-de-perito-e-um-erro.html Twitter - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/policia-federal/acpf-diz-que-novo-edital-de-concurso-pf-sem-cargo-de-perito-e-um-erro.html Google Plus - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/policia-federal/acpf-diz-que-novo-edital-de-concurso-pf-sem-cargo-de-perito-e-um-erro.html Whatsapp - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/policia-federal/acpf-diz-que-novo-edital-de-concurso-pf-sem-cargo-de-perito-e-um-erro.html
O próximo concurso PF foi anunciado pelo presidente Jair Bolsonaro. Serão ofertadas vagas para os quatro cargos da área policial, mas o cargo de perito criminal ficará de fora da seleção. O presidente da APCF, Marcos Camargo falou por meio de um vídeo publicado no Instagram da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF), que considera a medida um equívoco.

De acordo com ele, o anúncio foi feito com 2 mil vagas pelo presidente e pelo ministro André Mendonça era para servidores policiais como para servidores administrativos, mas que há um déficit muito grande na Polícia Federal. Camargo comentou ainda que o déficit é de todas as áreas, incluindo, a carreira de perito criminal federal, que também necessita de um novo concurso.

O presidente afirmou que recebe inúmeras mensagens de pessoas que gostariam de se candidatar as vagas de peritos, mas que não é realizado concurso para área há algum tempo. Mas, as 2 mil vagas anunciadas não contemplam a carreira de perito, que é uma surpresa, tendo em vista que no último pedido com 1.508 vagas, sendo mil para a área policial, já havia a demanda.

As vagas do último pedido seriam distribuídas da seguinte maneira: 600 vagas de escrivão, 1.016 vagas de agente, 300 vagas de delegado e 84 vagas de papiloscopista. O presidente fez questão de demonstrar sua opinião contrária quando ao pedido que não que não contempla o cargo de perito criminal.

A APCF informou que enviou um pedido ao Ministério da Economia solicitando que o concurso oferte cerca de 200 vagas para o cargo de perito criminal. Mas, em nenhum anúncio feito essa semana menciona uma oferta para o cargo de perito criminal. Mas, a associação luta para que haja oferta para o cargo.

As vagas para o concurso PF área de apoio estão distribuídas da seguinte maneira: para a área administrativa - Arquivista - oito vagas, Administrador - 21 vagas, Bibliotecário - uma vaga, Assistente social - 10 vagas, Economista - três vagas, Contador - nove vagas, Engenheiro - uma vaga, Enfermeiro - três vagas, Farmacêutico - uma vaga, Estatístico - quatro vagas, Nutricionista - uma vaga, Médico - 65 vagas, Técnico em comunicação social - três vagas, Técnico em assuntos educacionais - 13 vagas, Odontólogo - 11 vagas, Psicólogo - cinco vagas e Agente administrativo - 349 vagas.

Os interessados nas vagas de Agente, Escrivão e Papiloscopista devem possuir nível superior em qualquer área, mais CNH. O cargo de Agente administrativo exige apenas nível médio completo. Para o Plano Especial de Cargos da PF é necessário possuir nível superior em várias áreas. Já para o cargo de Delegado é necessário possuir nível superior em Direito. Os salários variam entre R$4.710,76 e R$12.441,26, de acordo com o cargo.

O diretor-geral da Polícia Federal, Rolando Alexandre confirmou na última quinta-feira (06), que o edital será publicado ainda este ano. A notícia foi divulgada por meio de uma live realizada junto à Associação dos Delegados de Polícia Federal (ADPF).

De acordo com ele, se der tudo certo, o curso de formação deve ser iniciado no final do próximo ano, pois, os processos do concurso são longos. Mas, se isso ocorrer em 2022, a Polícia Federal contará com o maior efetivo da história. Rolando Alexandre conversou com representantes da ADPF sobre a sua intenção de realizar concursos regulares, de dois em dois anos.

O diretor comentou ainda sobre a criação de um projeto de lei para tornar a regularidade das seleções mais reforçada. Por ele, seriam realizados concursos menores, o que permitiria uma oxigenação continua no efetivo da PF.

O chefe da PF comentou que não pode mostrar os números de dentro corporação, pois, são dados que preferem manter em sigilo, mas que com a entrada desses dois mil novos policiais, a Polícia Federal contará com o maior efetivo de sua história e com isso, a corporação ficaria com poucos cargos vagos, o que raramente acontece.

O dia da inscrição será informado no site www.concursos.com.br.  Acesse o site diariamente para não perder o prazo da inscrição.

Nossa equipe de professores desenvolveu um DVD contendo mais de 500 mil questões para concursos públicos. Pague quando receber pelos correios. Por apenas R$ 49,90. Se não gostar basta devolver em até 7 dias do recebimento.

Solicite seu DVD XProvas - 500 mil Questões de Concursos no formulário abaixo:

© Copyright 2014 - 2020 Concursos.com.br