IBGE

Novo Concurso IBGE com 6.500 vagas tem 2 bancas entre as mais cotadas

22/11/2020 23h58 - Atualizado em 24/11/2020 21h10

Facebook - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/ibge/novo-concurso-ibge-com-6500-vagas-tem-2-bancas-entre-as-mais-cotadas.html Twitter - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/ibge/novo-concurso-ibge-com-6500-vagas-tem-2-bancas-entre-as-mais-cotadas.html Google Plus - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/ibge/novo-concurso-ibge-com-6500-vagas-tem-2-bancas-entre-as-mais-cotadas.html
Facebook - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/ibge/novo-concurso-ibge-com-6500-vagas-tem-2-bancas-entre-as-mais-cotadas.html Twitter - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/ibge/novo-concurso-ibge-com-6500-vagas-tem-2-bancas-entre-as-mais-cotadas.html Google Plus - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/ibge/novo-concurso-ibge-com-6500-vagas-tem-2-bancas-entre-as-mais-cotadas.html Whatsapp - https://www.concursos.com.br/concurso-previsto/ibge/novo-concurso-ibge-com-6500-vagas-tem-2-bancas-entre-as-mais-cotadas.html
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística trabalha no processo de escolha da banca organizadora do concurso IBGE, com 6.500 vagas temporárias. Duas bancas estão entre as mais cotadas. Antes da pandemia, fontes informaram que o IBGE chegou a fazer uma licitação para a escolha dessas bancas, lavando em consideração uma oferta de cerca de 8.907 vagas.

Na época, o Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan) ficaria à frente da seleção no Rio de Janeiro e a Fundação Getulio Vargas (FGV) seria a responsável pela seleção em âmbito nacional. Mas, com a pandemia, o Ministério da Economia autorizou o preenchimento de 6.500 vagas temporárias.

Com essa redução no quantitativo de vagas, a escolha da banca foi reiniciada. Com isso, a FGV e o Idecan são as bancas mais cotadas para o concurso. Mas, o IBGE ainda não informou se serão publicados dois editais e nem se as oportunidades serão para todo o país ou serão por regiões específicas. O IBGE trabalha para publicar o edital ainda este ano, mas isso só poderá acontecer após a escolha da banca organizadora.

De acordo com a portaria autorizativa, os candidatos aprovados poderão ser contratados a partir de janeiro de 2021. A autorização é para contratação de até 6.500 temporários. Eles deverão realizar pesquisas feitas comumente pelo IBGE.

Os aprovados deverão atuar no Censo Demográfico, que será feito em no ano que vem. Os aprovados serão contratados por um ano, com possibilidade de prorrogação. Os salários ainda serão definidos pelo instituto. As oportunidades serão para os cargos de supervisor de coleta e qualidade (552 vagas) - nível médio, agente de pesquisa por telefone (300) - nível médio, agente de pesquisa e mapeamento (5.623 vagas) - nível médio e supervisor de pesquisa (25) - nível superior.

O IBGE deve realizar mais três concursos para temporários em 2021. Todos eles são referentes ao Censo Demográfico, que ocorrerá no próximo ano. Com isso, o concurso irá contar com mais 208 mil vagas temporárias.

O mais importante é que a seleção já está prevista no Projeto da Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2021. O edital acabou sendo suspenso em decorrência da pandemia causada pelo novo Coronavírus (Covid-19), mas o processo deve ser retomado em breve.

Além desta seleção, outras duas estão previstas para 2021. De acordo com o OBGE, mesmo com a suspensão, o quantitativo de vagas da seleção deve permanecer o mesmo para o ano que vem. Com o Censo em 2021, todos os processos deverão ser reabertos. Com isso, serão disponibilizadas 208.695 vagas temporárias.

As vagas serão distribuídas da seguinte forma: 5.462 vagas para Agente censitário municipal, com salário de R$2.100,00, mais R$458,00 de auxílio-alimentação, totalizando R$2.558,00. Para Agente censitário supervisor, de nível médio, serão ofertadas 22.676 vagas, com salário de R$2.158,00, já incluso o auxílio-alimentação de R$458,00.

Já para o cargo de Recenseador, de nível fundamental são 180.557 vagas e o salário será por estimativa por região. Dos dois outros editais do IBGE, o primeiro já foi autorizado pelo Ministério da Economia e irá ofertar 192 vagas para os cargos de supervisor censitário de pesquisa e codificação (12) e agente censitário de pesquisa por telefone (180 oportunidades).

Os aprovados irão atuar pesquisas para o Censo, por telefone, no Rio de Janeiro (capital). O IBGE confirmou em fevereiro que este edital, com 192 vagas, seria publicado em abril deste ano. Já a seleção para o cargo de codificador deveria ser publicado no final do ano, após a conclusão do Censo.

O coordenador de RH do IBGE, Bruno Malheiros, disse em entrevista este ano, que os codificadores ajudam na consolidação os dados que foram coletados na pesquisa e que a expectativa é de que os aprovados sejam contratados em novembro. Com as mudanças, o IBGE deve seguir os trâmites deste ano e o concurso com mais de 208 mil vagas deve ficar para março de 2021.

O edital com as 192 vagas está previsto para abril de 2021 e a seleção para codificadores deve ocorrer no final do próximo ano. O próximo Censo Demográfico terá início no dia 31 de julho de 2021, com a pesquisa prevista entre 1º de agosto e 31 de outubro de 2021.

O IBGE informou que leva em consideração natureza de coleta da pesquisa, domiciliar e predominantemente presencial. A estimativa é que mais de 180 mil recenseadores visitem cerca de 71 milhões de domicílios em todo o país.

O dia da inscrição será informado no site www.concursos.com.br.  Acesse o site diariamente para não perder o prazo da inscrição.

Nossa equipe de professores desenvolveu um DVD contendo mais de 500 mil questões para concursos públicos. Pague quando receber pelos correios. Por apenas R$ 49,90. Se não gostar basta devolver em até 7 dias do recebimento.

Solicite seu DVD com 500 mil Questões de Concursos no formulário abaixo:

© Copyright 2014 - 2021 Concursos.com.br