DPU

Criação de 811 cargos é aprovado no Senado e Concurso DPU deve sair

03/06/2022 11h57 - Atualizado em 20/06/2022 12h39

Cadastre-se seu whatsapp para acompanhar o andamento deste concurso:

O projeto de lei que cria 811 cargos efetivos para a Defensoria Pública da União foi aprovado pelo Senado Federal na última terça-feira (17). Do total de cargos ofertados, 410 são para analista (de nível superior) e 401 para técnicos (de nível médio).

O texto segue para a sansão do presidente Jair Bolsonaro e o projeto de lei estrutura o plano de carreira de servidores efetivos da DPU, além de fixar o valor de suas remunerações. A DPU não possui quadro próprio de servidores permanente e atua com profissionais cedidos de outros órgãos públicos ou do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo que acabaram sendo redistribuídos para o órgão.

O Plano de Carreiras e Cargos da DPU não só cria cargos, mas também contará com postos de nível médio e superior que vieram do Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (PGPE) e redistribuídos para a Defensoria. Logo que os cargos da PGPE vagarem, deverão ser transformados em cargos de nível equivalente das carreiras permanentes da Defensoria, e podem ser preenchidos por meio da realização de concurso.

Os aprovados receberão salários que variam entre R$2.220,09 (primeiro padrão) a R$3.773,74 (último padrão) para o nível superior. Os profissionais aprovados receberão o salário básico mais Gratificação de Desempenho de Atividade do Plano de Carreiras e Cargos da Defensoria Pública da União (GDADPU).

De acordo com informações da Agência Senado, a gratificação é contada por meio de pontos obtidos, que são contados a até 100 e cada ponto vale R$35,19 (primeiro padrão) a R$51,51 (último padrão).

Já para os economistas, o salário básico é de R$3.010,41 (primeiro padrão) a R$5.026,99 (último padrão). Mas, para cada ponto referente a Gratificação de Desempenho Específica da Defensoria Pública da União (GDEDPU), o valor pode variar entre R$40,40 (primeiro padrão) a R$81,58 (último padrão).

A senadora Rose de Freitas (MDB-ES) foi a relatora do projeto e falou sobre a importância da Defensoria Pública da União, que segundo ela conquistou tardiamente a sua autonomia constitucional. Ainda de acordo com ela, o projeto respeita as normas e finanças vigentes.

Outro que parabenizou os defensores públicos que acompanhavam a votação do projeto na galeria do Plenário foi o senador Eduardo Girão (Podemos-CE). Os senadores Paulo Rocha (PT-PA), Jean Paul Prates (PT-RN) e Lucas Barreto (PSD-AP) também comemoraram a aprovação do projeto.

A presença, em Plenário, do defensor público-geral federal Daniel de Macedo Alves Pereira foi destacada pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Daniel acompanhou a votação do projeto junto com outros representantes da categoria.

De acordo com a Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (Anadef), atualmente, 80% dos servidores da DPU são cedidos de outros órgãos. Outro cargo que possui déficit é o de defensor público, que deveria possuir, no mínimo, 1.483 contratados em âmbito federal, mas conta com apenas 600 profissionais contratados.

O dia da inscrição será informado no site www.concursos.com.br.  Acesse o site diariamente para não perder o prazo da inscrição.

Prepare-se com antecedência para a prova.
Solicite no formulário abaixo seu PDF com 500.000 Mil Questões de Concursos.
Pague quando entregar por R$ 30,00. Envio imediato pelo whatsapp.

Concurso INSS: Saiu a autorização para 1.000 vagas de nível médio

Acabou a espera! O concurso INSS está oficialmente autorizado. A portaria de autorização para realização do concurso público para o Instituto Nacional do Seguro Social foi publicada nesta segunda-feira (13/06), no Diário Oficial da União.

De acordo com o documento, estão autorizadas 1.000 vagas para o cargo de Técnico.

A portaria autorizativa foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 13/06/2022, e traz a informação de que o edital deverá ser publicado em até seis meses. Desta forma, a seleção será aberta até dezembro.

As vagas serão distribuídas para todo o Brasil.

No caso de técnico é exigido ensino médio, com inicial de R$ 5.184,78.

O regime de contratação do INSS é o estatuário, ou seja, garante estabilidade, o servidor só poderá ser demitido se cometer alguma falta grave.

É necessário ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse. Não há exigência de idade máxima.

As inscrições para o concurso do INSS ainda não foram abertas. Fique atento!

Prepare-se com antecedência para a prova.
Solicite no formulário abaixo seu PDF com 500.000 Mil Questões de Concursos.
Pague quando entregar por R$ 30,00. Envio imediato pelo whatsapp.

+de 1 milhão de Questões de Concursos em PDF - Gabaritadas

  • Material de estudo atualizado com questões de milhares de Concursos de todo o país.

  • Para facilitar sua preparação, o conteúdo está organizado por Instituição, Ano e Cargo.

  • Questões com gabarito de todos os principais concursos: INSS, Receita Federal, IBGE, Caixa, Banco do Brasil, Correios, Polícia Federal, PRF, Polícia Civil, Polícia Militar, dentre outros.

  • Além disso, o material contém as questões das provas do ENEM e OAB.

  • Acesse e baixe os arquivos de qualquer lugar pelo seu celular ou computador.

Por apenas R$49,90

Cadastre-se seu whatsapp para acompanhar o andamento deste concurso:

© Copyright 2014 - 2022 Concursos.com.br